sexta-feira, 27 de junho de 2008

AS COISAS como elas são...

"Última flor do Lácio, inculta e bela,
És, a um tempo, esplendor e sepultura:
Ouro nativo, que na ganga impura
A bruta mina entre os cascalhos vela..."


Olavo Bilac
- ô coisa, pega aquela coisa ali pra mim?
- espera aí tô coisando um negócio mas, ali onde?
- em cima daquela coisa...
- Mas ali não tem coísissima nenhuma!
- Aff, que coisa! Eu jurava que estava ali...

Coisa: a palavra mais camaleoa da língua portugesa! (essa palavra existe? ou camaleão é epiceno? - de qualque forma peço lincença poética, para usar palavras "inventadas" ou simples figuras de linguagem)...
Mas voltando à coisa em questão, ultimamente é uma coisa de coisa pra cá coisa pra lá, faltou o adjetivo lá vai a coisa, ela é substantivo mas é usada no grau superlativo absoluto sintético (coísisima), serve como vocativo, e até como verbo (coisando)!!
Para caráter de explicação acadêmica
Segundo o Dic Michaelis:
s. f. 1. Tudo o que existe ou pode existir; ente, objeto inanimado. 2. Acontecimento, caso, circunstância, condição, estado, fato, negócio. 3. Fato, realidade. 4. Negócio. 5. Causa, motivo. 6. Mistério. S. f. pl. Bens, propriedades, negócios, ocupações, interesses. Var.: cousa.
Bbem abrangente, não? Pois é, coisa é igual fusca e coração de mãe - sempre cabe mais um(a)(aplicação, definição, enfim...)
Tá achando que tem muita "coisa" nesse post?
Às vezes você usa mais coisas que eu e nem percebe ;)!
-> (Se o assunto interessou) Veja só mais essa coisinha publicada no UOL sobre essa mesma coisa!
Fica dada a dica... Essa coisa de usar coisa para denominações abrangentes, para cobrir o buraco daquela palavra que você não se recorda, não tá com nada!
Empobrece o texto formal, ou seja, nada de usar coisa naquelas coisas importantes da vida, redação de vestibular, currículo, artigo da faculdade, TCC (a não ser que ele seja sobre o uso da palavra coisa rs)...

Mosquinhas eu descobri que vocês têm compaheiras \o/. Várias pessoas vieram me falar sobre o blog e tals, e bom fico impresionada, porque a diferença entre os que me falam e os que comentam aqui é IMENSA, então a partir de agora divido você entre mosquinhas ATIVAS e mosquinhas PASSIVAS de qualquer forma, sejam todas muito bem-vindas! E mosquinhas PASSIVAS deixem de preguiça e/ou pudores e deixem suas opiniões também né!

Outra dica: Hoje tem SOM BRASIL CAZUZA :), na Globo, (depois do progama do Jô - tá o horário não favorece, mas convenhamos, música boa não tem hora), em prol da campanha "Selecione o que há de melhor da TV" - admito, acebei de criar isso! - Não mosquinhas, não estou ganhando cachê da globo rs, na verdade quem me conhece sabe minha postura quanto à ela, quanto à mídia como um todo, mas isso é assunto pra outro post rs.


Como prometido: o levantamento de dados do blog do Pedro Neschling (eu fiz mesmo! nem acredito rs):
Em 39,5% dos post o assunto foi FUTEBOL, o flamengo estava lá em 31,5%. A produção literária(entre contos, poemas e crônicas) figura como 17% das postagens, na maioria dos post houve críticas (à CBF, filmes, livros, gramática, mídia), o que representou 42% dos assuntos. Soubemos um pouco mais da sua infância e adolescência em 10% das postagens, também em 10% das postagens podemos admirar sua bela figura rs, a conclusão final estatisticamente foi que há 2x mais flamengo que primeira-dama nesse blog rs (ela esteve presente em 19,7% ). Como o dono do blog é um ser muito dinâmico houveram poucos posts específicos, sendo que vários assuntos apareceram ao mesmo tempo! O Sr. Pedro Neschling encabeçou três grandes campanhas: Assuma o Valdir que há em você, Movember Brasil, Cabo USB.Elaborou 3 Top 5: Frases de fim de namoro, filmes da sessão da tarde, piores títulos traduzidos.
E o que mais interessa, promessas não cumpridas, foram 8: Foto com vestido laranja, falar sobre Woody Alen, o top 5 das profissões que seguiria se não fosse ator (sendo que entre elas já esta presente, DJ, músico de banda e professor de judô!), falar de Celso Fonseca, colocar o bizarro “Vou Zoar Até Morrer” no Youtube e falar mais de Drexler ... E ainda tem muito mais, mas você me achariam louca psicótica!
[vou por isso em gráficos rs, okey okey, sem exageros!]

Ps.: Falando em psicótica, lembrei de psicose... estou lendo o Alienista do Machado, logo, logo eu esclareço a sanidade que vocês mosquinhas acham ter rs.

6 comentários:

Ruby disse...

Realmente, a palavra coisa, é coisa pra tudo, esse verbo "coisar" é uma comédia. Post bacana. Legal essa do "camaleoa" e seu gênero.
Obrigada pelo link, fiz o mesmo.

Sónia Pessoa disse...

Olá Juliana, obrigada pela visita. Venho retribuir e vou dar um pesseio aqui pelo teu cantinho.

Beijinho,

sónia Pessoa

Sahmany disse...

Oi gracinha,
que bom que gostou!
Tudo bem com vc?
Vou te linkar tá?
Apareça mais vezes por lá.
Beijão.

ps. volto com mais tempo pra ler tuas "coisas" (hehe) e comentar, ok? Agora vou dormir, cheguei cansada, e o pior, estressada, da aula. Fuiiiiiiiiii

Marta disse...

Olá Juliana,
Agradeço a sua visita, não é fácil escrever poesia, mas quando se gosta torna-se mais fácil :)
Se viu nela?


Tanta coisa onde entra a palavra coisa :|

Gostei do seu blog, muito original.

Sahmany disse...

aaaai que horror, perdi o Som Brasil Cazuza. Jsto eu que adoro ele. Mas eu tava morrendo de sono.
Voce assistiu? Tudinho? Conta pra mim se tava legal vai.
Beijos
Bom fds.

Cris disse...

Na verdade, eu adoro a palavra "coisa", até pra chamar carinhosamente alguem. Uso, inclusive mais do que deveria e, lendo voces, acabei aprendendo outras aplicações pra ela. Por conta disso, adorei seu poust. Um beijo grande, obrigada e vem sempre, tá?